Escolha uma Página

Casos de Sucesso

Por uma questão de acordos de confidencialidade assinados entre ABEXA e seus clientes, expor-se-ão casos “anônimos” de trabalhos realizados, que servem para exemplificar com casos práticos a assistência de ABEXA aos seus clientes em distintas situações.

Caso 1 - COMPRA DE UMA UNIDADE DE NEGÓCIOS PARA UMA MULTINACIONAL.

Há uns anos, Abexa foi contatada por uma empresa multinacional, sem atividades na Argentina, para que esta consultora realize um trabalho de relevamento com o objetivo de analisar o tamanho do mercado argentino específico, determinar quais empresas eram as principais dessa atividade, e quais de essas principais estariam interessadas em vender-se ou associar-se.

Abexa fez a análise preliminar da atividade, identificou os principais jogadores dessa indústria, realizou entrevistas com cada um das dez principais empresas nacionais, e identificou três delas com vontade de considerar ofertas por seu negócio.

Abexa viajou às oficinas centrais da multinacional e expôs os resultados da sua análise junto com um plano de ação orientado a maximizar o desembarco da multinacional na Argentina.

A multinacional validou o plano apresentado por Abexa e outorgou à consultora o mandato exclusivo para adquirir ao menos duas das empresas apresentadas.

Abexa realizou o mandato encomendado e conseguiu adquirir duas empresas com as quais a multinacional desembarcou no país, mantendo sua atividade até o presente.

Caso 2 - VENDA DE UMA EMPRESA DE CONSUMO MASSIVO A UM INVESTIDOR ESTRANGEIRO.

Abexa foi contatada por uma empresa líder em produtos de consumo massivo da Argentina. Se bem a sua situação era estável, os acionistas decidiram vender a empresa, procurando que o comprador fosse um estratégico e que estivesse consolidando negócios no setor.

Esta consultora assinou um mandato exclusivo de venda, e realizou um plano de trabalho em conjunto com os diretivos da empresa a ser vendida, com o objeto de identificar qual era o estratégico “ideal” para comprar seu negócio. Identificaram-se ao menos dez companhias que poderiam chegar a ter interesse nesta atividade, empresas não só com presença no setor, senão também com possíveis sinergias com o negócio a vender.

Abexa fez junto ao seu cliente uma descrição da empresa, das suas atividades e da sua realidade financeira, e contatou às empresas estratégicas que poderiam chegar a ter interesse.

Com dita informação em mão, foram assinados acordos de confidencialidade com cada um dos estratégicos que tinha manifestado interesse, e apresentou-se-lhes a oportunidade.

Ao longo de vários meses, analisaram-se as propostas de cada um dos interessados em adquirir a empresa, e chegouse a uma oferta satisfatória para o cliente de Abexa.

Assinada uma carta de intenção vinculante entre as partes, começou a negociação dos documentos finais da compravenda, como também os termos da auditoria de compra.

Após cinco meses de ter iniciado o trabalho, realizou-se a venda da empresa.

Caso 3 - REFINANCIAMENTO EMPRÉSTIMO. SINDICADO E POSTERIOR INGRESSO DE SÓCIOS.

Em plena crise do ano 2001/2002 Abexa é contatada pelo sócio majoritário de um grupo de empresas cuja atividade principal tinha caído dramaticamente no que se refere à fatoração. Como conseqüência, o endividamento que vinham mantendo com os bancos de praza se tornou muito dificultoso de pagar, fazendo perigar a viabilidade do grupo no mediano prazo.

Abexa manteve várias reuniões com a Direção Financeira da empresa com o objeto de realizar um diagnóstico próprio da situação, e, em função de dito diagnóstico, realizou uma proposta de ação para tentar tirar o grupo da situação na que se achava.

A proposta apresentada aos credores contemplava a apresentação de um plano a cinco anos, onde se mostrava a viabilidade econômica da empresa e se pedia aos bancos um refinanciamento da dívida, principalmente a de curto prazo, convidando-os a constituir um empréstimo sindicado entre todos os bancos credores, em troca de ter garantias mais sólidas e compartilhadas.

Assim, realizaram-se reuniões com os bancos credores, selecionando um dos principais como líder do empréstimo sindicado. Também foram analisadas as garantias e o plano qüinqüenal, e obteve-se o acordo de 80% dos bancos. Como conseqüência desta aceitação majoritária, a empresa conseguiu melhorar o seu desempenho de curto prazo.

Dado que um dos bancos não quis aceitar as condições do empréstimo sindicado, Abexa executou uma segunda instância de assistência ao grupo empresário, e identificou um fundo de investimento com interesse em ingressar ao capital social deste grupo. Nesta nova situação, solicitou-se-lhe ao banco em desacordo que financie parte da compra do pacote acionário a este fundo de investimento, transformando seu crédito com a empresa num empréstimo ponte da aquisição da participação acionária por parte do fundo. Assim se realizou, e o resultado foi um grupo empresário com uma equação dívida–patrimônio melhor balanceada, os bancos com uma dívida melhor garantida, ainda que a menor taxa, e um fundo de investimento com participação minoritária no negócio.

Caso 4 - RECONVERSÃO DE EMPRESA CONSTRUTORA.

Um cliente de Abexa, na sua prática de consultoria financeira, leva a cabo suas atividades dentro do rubro da construção. Trata-se de uma empresa que se tinha especializado no setor da construção corporativa, prestando serviços a companhias de primeiro nível que precisavam ampliar plantas de produção, construir novos depósitos logísticos, etc. A sua experiência, seriedade e antecedentes os faziam elegíveis por empresas multinacionais ou nacionais grandes que precisavam construções de qualidade, e com cronogramas apertados.

As obras se ganhavam por licitação, e a empresa devia ajustar fortemente suas tarifas e utilidade para poder ganhar cada uma das obras.

Esta situação levou à empresa a ter uma quantidade muito importante de trabalho, mas com utilidades muito ajustadas pelo processo de licitação e as diferentes características do sector onde desenvolvia sua atividade.

Depois de um relevamento e diagnóstico realizado por Abexa, propôs-se-lhe ao acionista principal da empresa aplicasse todo esse conhecimento a outro setor da construção, orientando o negócio à construção de edifícios de vivenda multifamiliar, assumindo o papel de construtor e desenvolvedor de ditos edifícios. O conceito era aplicar o profissionalismo, a gestão integral da construção, e o manejo de custos e tempos apertados, a um rubro com maior contribuição final para a empresa.

Uma vez aceitada a proposta pelo acionista principal da empresa, realizou-se a compra do primeiro prédio dentro de Buenos Aires, e realizou-se um fideicomisso para a construção de um edifício de 10 andares com quatro apartamentos por andar, fixando parâmetros de construção e prêmios por finalização em diferentes tempos.

Esta atividade foi um sucesso, e levou à empresa a reconverter-se, e orientar seu principal esforço a esta atividade, mantendo a construção corporativa só em aqueles casos em que a utilidade era adequada para a empresa, orientando seu esforço principal a ser um dos desenvolvedores e construtores mais importantes dos últimos vinte anos.

Caso 5 - CONSOLIDAÇÃO DE OPERAÇÕES DE CABO.

Um grupo de empresários, com longa experiência na indústria da televisão por cabo na Argentina, identificou a oportunidade de adquirir um cabo-operador de uma localidade do interior do país que atravessava dificuldades financeiras e estava apresentando sua empresa em concurso de credores. Estes empresários contataram Abexa para que validasse a hipótese de investimento sobre a rentabilidade do negócio existente.

Abexa viajou à localidade do cabo-operador e se pôs em contacto com o dono da sociedade a fim de conseguir a maior quantidade de informação possível. Após varias reuniões, detectou-se que o negócio era rentável, mas que devido a uma míngua importante de clientes, o negócio não tinha o resultado final desejado.

Em função dos resultados obtidos, realizou-se um relevamento dos cabo-operadores da zona de influência, e detectouse que existiam ao menos oito empresas de televisão por cabo mais pequenas nas localidades próximas que se podiam adquirir e se consolidar sob uma só empresa, o que permitia obter uma base de clientes adequada, sinergizando as compras de sinais, e otimizando as estruturas administrativas, comerciais e de manutenção da rede.

Com esta informação, levou-se a cabo uma proposta aos empresários em forma de master plan, onde a chave era adquirir simultaneamente a empresa inicial e ao menos dois dos oito cabo-operadores identificados. Os empresários aprovaram este masterplan, e Abexa iniciou as tarefas de aquisição.

Foram assinadas três opções de compra em definitivo e uma vez assegurada a massa crítica que assegurava a rentabilidade esperada do negócio, realizaram-se as aquisições. Assim, compraram-se o negócio original e cinco dos cabos possíveis, consolidando uma operação muito rentável, que após três anos, foi vendida a um dos três principais consolidadores deste tipo de operação no país.

Caso 6 - VENDA DE PORTFÓLIO DE EMPRESAS DE UM FUNDO A OUTRO FUNDO.

Um dos primeiros casos de Abexa foi a valoração de um portfólio de investimento de um fundo que estava operando na região desde fazia quase 10 anos e tinha a intenção de vender a carteira total devido a que tinha chegado o momento de desinvestimento do mesmo e devolução do capital aportado aos seus investidores.

O diretório do fundo queria saber o valor da carteira de empresas que possuía, e se se podia conseguir outro fundo que lhe interessasse comprar a carteira já constituída, evitando as vendas parciais que levariam mais esforço e tempo para a sua concreção.

Abexa fez um relevamento da informação de cada uma das empresas do portfólio, participou em reuniões de seguimento de cada empresa para determinar de maneira objetiva quais eram os planos de cada uma, avialou junto com uma equipe de advogados os acordos de proteção do fundo em cada empresa, e outras características particulares de cada um dos investimentos. A cada participação se lhe designou um valor e se realizou uma projeção de cada empresa para validar esse valor pelo método de fluxo de fundos descontado.

Além disso, considerou-se como um valor adicional, ter um portfólio de investimento já armado, isto é, o veículo de investimento, os acordos já assinados, etc., o que também se avaliou de maneira independente.

Finalmente, se realizou uma busca de interessados em adquirir o portfólio todo, da qual surgiram dois fundos com interesse concreto, que competiram no melhoramento das ofertas, para depois quedar um como interessado concreto que finalmente adquiriu o portfólio de participações.

Prensa

Estes são alguns dos nossos casos mais importantes documentados pela mídia.